terça-feira, 15 de maio de 2018

Com esta idade, ainda tenho pedalada,mas bolas chego ao fim do dia e mortinha de cansaço.Mas as boas acções feitas,mãe cuidada e acompanhada, filho novo já levou barriguinha cheia para casa dele, enfim creio que consegui mimar um pouquinho a cada um deles, menos filho velho e nora velha, mas também lhes hei-de mimar,
Continuem a ter uma santa semana.

domingo, 13 de maio de 2018

E quando não podemos passear, recordamos os bons momentos....

quarta-feira, 9 de maio de 2018

E por hoje é tudo, amanha embora seja feriado no Concelho, já me arranjaram trabalho, (devem ter medo que esteja parada).
Mas espero ainda conseguir fazer mais um inicio de peça de roupa para a neta,por isso até amanha, se for o caso de estarem de feriado, aproveitem, vão ao campo apanhar a tradicional espiga.
Dia da espiga ou Quinta-feira da espiga é uma celebração portuguesa que ocorre no dia da Quinta-feira da Ascensão com um passeio matinal, em que se colhe espigas de vários cereais, flores campestres e raminhos de oliveira para formar um ramo, a que se chama de espiga. Segundo a tradição o ramo deve ser colocado por detrás da porta de entrada, e só deve ser substituído por um novo no dia da espiga do ano seguinte.
dia da espiga era também o "dia da hora" e considerado "o dia mais santo do ano", um dia em que não se devia trabalhar. Era chamado o dia da hora porque havia uma hora, o meio-dia, em que tudo parava, "as águas dos ribeiros não correm, o leite não coalha, o pão não leveda e as folhas se cruzam". Era nessa hora que se colhiam as plantas para fazer o ramo da espiga e também se colhiam as ervas medicinais. Em dias de trovoadas queimava-se um pouco da espiga no fogo da lareira para afastar os raios.
Aproveitem e celebrem.
Um bem haja a todas.
A caixa é dos morangos, que se vendem por aí, mas de cara lavada serve para várias coisas, esta serviu para guardar as pulseiras/ fios de umas meninas.
Espero que elas tenham gostado.

Como não se pode só fazer coisas em trapos, mais um frasco para estar na despensa, mas com cara gira, assim fiz um aproveitamento da fita que já havia cá em casa, as joaninhas tambem, o frasco era de algo que se comprou.

Para finalizar esta também foi para a neta.
Esta semana ainda não acaba,irão aparecer mais modelos, atentas que irá aparecer.
Esta é da neta, mas fiz uma igual para a mãe.
Estavam tão bonitas no dia da mãe,quando fomos almoçar juntas, presentearam-me com o almoço e vestidas de igual com as túnicas que lhes fiz, amei claro.
A campanha do tecido continua, fiz um saco para as molas que já tem dona.